Boa fase brasileira ativa mercado imobiliário de luxo em Miami

Valorização do real e alta do preço dos imóveis por aqui fez muitos brasileiros procurarem apartamentos na cidade americana

 

Duas pessoas correndo em praia de Miami

“Miami tem um novo fascínio com os brasileiros, mas acredito que esta tendência começou há dois anos” disse um corretor da cidade

Miami – A disparada de preços das propriedades no Brasil e o aumento de quase 40% do real contra o dólar desde 2009 provocaram uma verdadeira febre nos brasileiros de comprar condomínios de luxo em Miami: um frenesi que incentiva o ainda abatido mercado imobiliário da Flórida.

O setor financeiro de Miami, Brickell, já é apelidado por alguns como o “Brickellcinho” pelo português que é ouvido nas áreas comuns dos condomínios, que ainda podem ser encontrados por menos de 300 mil dólares.

Mas os brasileiros de hoje compram em dinheiro também aqueles apartamentos em Sunny Isles, Bal Harbour e Hollywood, o famoso corredor das praias do sul da Flórida, onde suas propriedades têm uma base mínima de um milhão de dólares.

“Miami tem um novo fascínio com os brasileiros, mas acredito que esta tendência começou há dois anos”, disse à AFP Geane Brito, corretora imobiliária para vendas internacionais do Chariff Realty Group em Miami.

Brito, responsável por atender os compradores brasileiros, afirma que graças “à força do real, não apenas estão comprando apartamentos de forma maciça. Compram tudo!”, disse a especialista em bens imóveis.

Trump Hollywood, o mais recente condomínio de luxo em frente ao mar em Hollywood Beach, ao nordeste de Miami Beach, esteve a ponto de ser um “elefante branco” após a crise imobiliária em 2006, mas desde o relançamento das vendas, em janeiro de 2011, os apartamentos vão para as mãos de brasileiros, canadenses e mexicanos que aproveitam a força de suas moedas.

“No Brasil não há nada tão completo, com tantos serviços para os proprietários e, sobretudo, com esta segurança”, explicaram à AFP Ariel e Neide Lenharo, um casal de aposentados de São Paulo que fez fortuna no ramo de implantes odontológicos.

O casal viajou em setembro para ver este condomínio. “Viemos de férias, nos encantou e o compramos; pedimos que fosse com tudo o que tinha no apartamento modelo”, disse Neide Lenharo pouco depois de assinar seu título de propriedade na Flórida, após pagar de uma vez só 1,9 milhão de dólares por 300 metros quadrados de luxo.

Fonte: Paula Bustamante, da  – EXAME

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s