Paraná cria seu próprio sistema de pesquisa de custos e índices para edificações

Novo modelo será baseado na tabela do Sinapi, do governo federal, e começa a ser utilizado em março

Shutterstock

O governo do Paraná vai utilizar, a partir de março, um novo Sistema de Custos de Edificações. O objetivo, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Logística, é reduzir os custos da construção de obras públicas, simplificar e racionalizar as tabelas de referência de preços e dar maior transparência ao sistema de aferição de cotação dos materiais usados na construção civil.

A nova tabela poderá ser utilizada tanto para os técnicos orçarem os projetos de obras do governo, como também para órgãos de controle externo, empresas e qualquer pessoa interessada.

O Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) será o órgão responsável por elaborar a pesquisa mensal de aferição de preços dos principais insumos utilizados na construção civil. O novo modelo será baseado na tabela do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices (Sinapi), do governo federal, que terá eventuais distorções corrigidas pela pesquisa regional.

Hoje o governo paranaense se baseia no Sinapi e em uma tabela estadual para fazer os orçamentos. Porém, para o Departamento de Gestão do Plano de Obras da Secretaria de Infraestrutura e Logística, essa duplicidade pode causar distorções em relação aos preços de mercado.

Fonte: Ana Paula Rocha – Piniweb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s