Norma para argamassa colante industrializada está em consulta pública até 6 de fevereiro

Principais mudanças feitas na revisão são relacionadas aos métodos de ensaios e ao requisito deslizamento

Marcelo Scandaroli

Até o dia 6 de fevereiro, estão em consulta pública as cinco partes da ABNT NBR 18:406.04-010 – “Argamassa colante industrializada para assentamento de placas cerâmicas”. A revisão foi realizada pela Comissão de Estudo de Argamassa Colante do Comitê Brasileiro de Cimento, Concreto e Agregados da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT/CB-18).

 As cinco partes são Requisitos; Execução do substrato-padrão e aplicação da argamassa para ensaios; Determinação do tempo em aberto; Determinação da resistência de aderência à tração; e Determinação do deslizamento.

De acordo com o coordenador de projeto setorial da qualidade da Tesis, Marcelo Gustavo Martins, as maiores alterações estão nos métodos de ensaios, aprimorados com base em experiências feitas nos últimos anos no Programa Setorial de Qualidade de Argamassas Colantes. “Na verdade, houve uma alteração na forma de enxergar os requisitos vigentes”, disse Martins.

O requisito deslizamento também não é mais obrigatório. Portanto, se a norma entrar em vigor, os fabricantes poderão ou não realizar ensaios com relação ao deslizamento do produto. “Assim como o fator tempo em aberto, que apresenta a denominação E (AC-I-E, por exemplo), o fator deslizamento será apresentado com a letra D”, explica o coordenador.

Fonte: Mauricio Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s