Construção civil gerou 42 mil vagas em janeiro

O saldo líquido de empregos criados com carteira assinada no País foi de 118.895 em janeiro, informou o Ministério do
Trabalho e Emprego (MTE). A construção civil foi responsável pela geração de 42.199 vagas no primeiro mês do ano e a indústria de transformação, por 37.462. A área extrativa mineral foi a que mais empregou – já descontadas as demissões -, com um saldo de 82.506 novas vagas com carteira assinada. Em segundo lugar aparece o setor de serviços, com um total líquido de 61.463 postos. A agricultura foi capaz de gerar 12.318 postos no período e o setor de serviços industriais de utilidade pública, 974 vagas. Já a administração pública fechou 370 postos formais no mês passado.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelaram que foram contratados 1.711.490 trabalhadores no primeiro mês do ano e 1.592.595 foram desligados. O volume de postos criados ficou 21,83% abaixo do resultado de janeiro do ano passado, já atualizado em 152.091 vagas.

Passadas as festas de fim de ano, o comércio foi o setor de atividade que apresentou o pior desempenho no mercado de trabalho formal brasileiro no primeiro mês do ano. Em janeiro, os desligamentos do setor foram 36.345 maiores do que o volume de pessoas contratadas.

Fonte: Agência Estado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s