Custo da construção civil desacelera em fevereiro

Mão de obra teve índice 0,55 ponto percentual menor que em janeiro, puxando o custo para baixo

Marcelo Scandaroli

Mão de obra foi responsável pela desaceleração

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou em fevereiro taxa de variação de 0,42%, resultado inferior a dezembro, de 0,67%. Os dados foram divulgados hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). No ano, o índice acumula variação de 1,09% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 7,93%.

 No quesito materiais e equipamentos, a variação foi de 0,32%, sendo que no mês anterior o índice apresentou alta de 0,27%. Madeira para acabamento teve a maior alta (1,17%). A parcela relativa a serviços variou 0,73% em fevereiro, ante 0,68% em janeiro. Serviços pessoais registraram a maior alta na divisão de serviços (1,12%).

No índice relativo à mão de obra, houve variação de 0,43%, ante 0,98% no mês anterior. O índice relativo a profissionais especializados apresentou a maior alta no mês, de 1,25%.

Duas capitais tiveram desaceleração: Belo Horizonte e Recife. Salvador, Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo tiveram aceleração.

Fonte: Mauricio Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s