DNIT atrasa R$ 1,8 bi em pagamentos de obras em rodovias federais, afirma Aneor

Estatal tem 475 contratos para construção, manutenção e conservação de vias em todo o País

Divulgação: DNIT

A Associação das Empresas de Obras Rodoviárias (Aneor), que reúne mais de 200 construtoras do ramo de rodovias, informou que todas as associadas estão há cerca de quatro meses sem receber do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) os pagamentos relativos aos contratos de construção, manutenção e conservação de rodovias federais em todo o País. A dívida do órgão estatal com as empresas seria, de acordo com a Aneor, de R$ 1,8 bilhão.

Ainda segundo a entidade, o atraso nos pagamentos poderá provocar a paralisação das obras e interferir no desempenho do Programa de Investimentos em Logística (PIL), lançado pelo Governo Federal em junho para a concessão de pelo menos 11 rodovias até 2018, com investimento de R$ 66,1 bilhões. Para o presidente da Aneor, José Alberto Pereira Ribeiro, a falta de manutenção nas estradas de acesso e entroncamento das vias a serem concedidas, causada pelo atraso no repasse de recursos, poderá prejudicar o processo de concessão.

Das 475 obras contratadas, 252 já estão com ritmo de trabalho reduzido em 40%. Cerca de 70% das empresas que realizam os serviços de manutenção e restauração são de pequeno e médio porte que, segundo a Aneor, não têm capacidade para suportar atrasos de 60 a 90 dias.

Procurado pela reportagem, o Dnit não se manifestou a respeito dos atrasos.

Fonte: Kelly Amorim – Piniweb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s