Nível de atividade e número de empregados na construção voltam a cair em junho

Segundo balanço da CNI, indicadores continuam abaixo da linha divisória dos 50 pontos

Shutterstock

Após leve alta no mês de maio, os índices que medem a evolução do nível de atividade da indústria da construção e de número de empregados recuaram, alcançando em junho, respectivamente, 37,5 pontos e 35,9 pontos. Abaixo da linha divisória de 50 pontos, o indicador representa queda. Os dados são da Sondagem Indústria da Construção, divulgada na quinta-feira (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A Utilização da Capacidade de Operação (UCO) também recuou no mês de junho. O índice, que havia registrado variação positiva de 1 ponto percentual de abril para maio, passou de 61% em maio para 60% em junho, o que mostra que 40% do parque industrial estão ociosos.

Ainda segundo o levantamento, a situação financeira das empresas do setor piorou no segundo trimestre do ano, passando de 38,3 pontos para 37,2 pontos. A margem de lucro operacional, por sua vez, passou de 34,7 pontos no primeiro trimestre do ano para 32,7 pontos no segundo.

Os empresários entrevistados atribuem o cenário negativo à alta carga tributária (25,4%), às elevadas taxas de juros (35%), à inadimplência dos clientes (30,5%), à demanda interna insuficiente (27,6%) e à falta de capital de giro (27,2%).

Para a Sondagem, a CNI ouviu 607 empresas, sendo 192 de pequeno porte, 282 médias e 133 grandes.

Fonte: Kelly Amorim – Piniweb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s