Confiança da indústria cresce em julho, aponta Fundação Getúlio Vargas

O índice subiu 1,5% em relação a junho, passando de 68,1 para 69,1 pontos e foi amparado pela melhora das expectativas para os próximos meses.

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou 1,5% em julho em comparação a junho, segundo a Fundação Getúlio Vargas. O indicador passou de 68,1 para 69,1 pontos e foi amparado pela melhora das expectativas para os próximos meses. O Índice de Expectativas (IE) subiu 3,2% após cinco quedas consecutivas.
A alta ocorreu em sete dos 14 principais segmentos acompanhados pela FGV. De acordo com o superintendente adjunto para Ciclos Econômicos do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV, Aloisio Campelo Jr., o avanço do Índice de Expectativas é bem-vindo. Campelo afirmou que a evolução do Índice de Confiança da Indústria em julho é mais facilmente analisada “de forma desagregada de acordo com o horizonte de tempo”.
O aumento da expectativa se deve em parte ao quesito de produção prevista, que avançou em julho 7,4% em relação ao mês anterior, atingindo 91,5 pontos. A proporção de empresas que esperam aumentar a produção nos próximos três meses subiu de 14,2% para 18,5% de junho para julho. Já o índice das que esperam reduzir a produção caiu de 29% para 27% no mesmo período.
O Índice da Situação Atual (ISA) ficou estável ao recuar 0,1% em relação ao mês anterior, passando de 70,4 para 70,3 pontos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s