BNDES aprova financiamento de longo prazo para obras do Porto do Açu, no Rio de Janeiro

Contrato com vencimento em 18 anos também contempla dívida da Prumo, que comanda o grupo responsável pelo porto

Divulgação: Porto do Açu

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou na quarta-feira (29) financiamento de longo prazo de R$ 2,8 bilhões para a Porto do Açu Operações, subsidiária integral da Prumo Logística. O contrato estipula em 18 anos o prazo para vencimento da dívida. Desses, R$ 500 milhões serão emprestados por um terceiro banco a ser definido exclusivamente para serem investidos nas obras do Porto do Açu em São João da Barra, no Norte do Rio de Janeiro.

R$ 2,3 bilhões serão desembolsados no momento da assinatura do contrato. Esse valor será repassado pelos bancos Santander e Bradesco e utilizado para a amortização dos empréstimos-ponte concedidos anteriormente pelo BNDES. Além da dívida de financiamentos, a Prumo deve ainda R$ 1 bilhão decorrente da emissão de debêntures de longo prazo.

Equipado com píeres que totalizam 17 km de extensão e podem receber até 47 embarcações, o superporto teve as obras de construção iniciadas em 2007 e, no ano passado, começou a operar com unidades de diversas fabricantes e distribuidoras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s