Caixa anuncia novas taxas para financiamento imobiliário

Redução atinge tanto pessoa física quanto jurídica

A Caixa Econômica Federal anunciou na última terça-feira (8), uma redução de 0,25% ao ano na taxa de juros para pessoa física. Além disso, houve a diminuição da cota mínima de financiamento dentro do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Essa redução será aplicada em todas as linhas de financiamento imobiliário.

Para os clientes que forem comprar um imóvel novo, ou na planta, cuja a construção tenha sido financiada pelo órgão, e fizeram a opção de receber o salário pelo mesmo, o banco vai oferecer taxas de juros especiais, as mesmas oferecidas aos servidores públicos. Dessa maneira, as taxas passariam de 11,22% para 9,75%, para os imóveis que se encaixam no Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Já para os imóveis que se encaixam no Sistema  de Financiamento Imobiliário (SFI),  cai de 12,5% ao ano para 10,75%.

juros financiamento imobiliário

Nova tabela de juros para financiamento da Caixa (Foto: Divulgação/Caixa Ecônomica Federal)

De acordo com a Caixa, essas medidas são um reflexo da diminuição da taxa SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia). O objetivo é auxiliar no aumento da venda de imóveis novos de construtoras parceiras e também atrair novos clientes para a instituição, com condições especiais no financiamento imobiliário.

A Caixa disponibilizou R$ 93 bilhões para o crédito habitacional, neste ano, e já aplicou R$ 66,2 bilhões. A expectativa é aplicar R$ 26,8 bilhões até o final do ano.

financiamento imobiliário

Caixa anuncia mudanças nas taxas do financiamento imobiliário (Foto: Shuttersotck)

Apoio à construção civil

Já para o segmento de Pessoa Jurídica, o banco diminuiu a taxa de juros em 1% ao ano em todas as suas faixas de relacionamento. Sendo assim, as taxas para Micro e Pequenas Empresas (MPE) passam de 14% para 13%, já as Médias e Grandes Empresas (MGE), caíram de 13,5% para 12,5%.

O banco implantou também o sistema de taxa segregada por rating, para o segmento corporativo, que visa beneficiar as empresas com alto índice de relacionamento com a instituição. Com a medida, a redução de juros, de acordo com o relacionamento, pode chegar até 1,5% ao ano Para empresas com rating A, a taxa deve variar de 12,5% para 11%. Para empresas com rating B e C, as taxas mínimas chegarão, respectivamente, a 11,5% e 12%.

Para imóveis enquadrados no SFI, o banco modificou a remuneração do Correspondente CAIXA Aqui (exceto repasses), padronizando em 1% o valor do financiamento, com limite de R$ 2 mil nas operações do FGTS e sem limite para o SBPE.

Em tempo

Além da redução de juros e taxa especial, a Caixa promoveu melhoria de condições no financiamento de imóveis para pessoa física. O limite mínimo de financiamento no SBPE passou de R$ 100 mil para R$ 80 mil. A medida busca atender o mercado de unidades habitacionais nessas faixas e vale para imóveis novos e usados, dentro do SFH e SFI.

O limite do SFH para imóvel residencial é R$ 650 mil, para todo país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde é de R$ 750 mil. Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s